top of page
DJI_0093.png

Nossa História

             A Nanosensores é uma startup de base tecnológica fundada na Universidade de Brasília, com objetivo de transformar a tecnologia desenvolvida na Universidade em produtos comerciais, visando atender problemas reais da população brasileira.

            A jornada da empresa começa em 2017, com o doutorado do fundador Ítalo. Entendendo o potencial da pesquisa realizada pelo professor Leonardo Paterno no Instituto de Química, Ítalo focou sua tese no desenvolvimento de um produto que unisse a nanotecnologia, com um problema real brasileiro. Assim, foi criado o primeiro MVP da Nanosensores, uma língua eletrônica para monitoramento do herbicida Glifosato.

           Concomitante ao desenvolvimento da tese, a Nanosensores como empresa propriamente dita, foi surgindo. Inicialmente, fizemos parte da primeira turma do Cocreation Lab DF, onde conseguimos alinhar a tecnologia desenvolvida na UnB à proposta de valor da Nanosensores, obtendo o prêmio de melhor pitch.

           Em um segundo momento, fizemos parte do projeto de aceleração de empresas Inova Amazônia do Sebrae, em Tocantins. No Inova, conseguimos iniciar nossa missão de trazer produtos que monitorem aspectos ambientais, obter recursos para o desenvolvimento do nosso protótipo, formalizar a empresa e iniciar as atividades.

           Agora, a Nanosensores produz e comercializa o que há de mais modernos em sensores e nanomateriais. Nossos nanomateriais unem a expertise de mais de 10 anos em síntese de nanomateriais do fundador, a supervisão de diversos professores universitários, as mentorias de diversos empreendedores e a qualidade assegurada por inúmeras técnicas de caracterização. Além disso, continuamos desenvolvendo sensores únicos para os mais diversos tipos de problemas, como monitoramento de bebidas, fármacos, herbicidas e saneamento.

Add your own content here. Click to edit.

bottom of page